Veja ao vivo no Parque do Povo! Clic link no vídeo

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

O Vaidoso

(dance)Tá pendurado, devendo
E só quer ter carro do ano
Assim mesmo é o vaidoso
Vive mais no auto-engano
Fazendo um teatro da vida
Até cair-lhe o pano.

Sua caixa dos correios
É lotada de cobrança
Vivem atrás do sujeito
Ligando pra vizinhança
Mas tá num bom restaurante
Tomando um vinho da França.

Usa só roupa de grife
Anel de ouro entalhado
Só cheira a perfume francês
E anda de carro importado
E o oficial de justiça:
-- Dou fé que tá penhorado.


Quer ser admirado assim:
Por coisa tola e vã
E achando que o merece
A sua sorte é malsã
Mas pro vaidoso há remédio:
E é se deitar num divã.

Pois se vive de aparências
E acha que isso lhe basta
Que assim as portas se abrem
E desse pensar não se afasta
No fim das contas vai ver
Que não tem nada -- e só gasta!

Nenhum comentário: