quarta-feira, 1 de junho de 2011

Desafio de Cangaceiro

(dance)Se você bater eu bato
Se você render eu rendo
Se você matar eu mato
Se você prender eu prendo
Mas só tem uma coisa
Você falando e eu fazendo.

Se você cortar eu corto
Se você ferir eu firo
Se entortar eu entorto
Se você mirar eu miro
Mas só tem uma coisa
Se não atirar, eu atiro.

Se você pisar eu piso
Se empurrar eu empurro
Se você bisar eu biso
Se esmurrar eu esmurro
Mas só tem uma coisa
Você urrando, eu não urro.

Se você torar eu toro
Se você pegar eu pego
Se você chorar, não choro
Se você negar, não nego
Mas só tem uma coisa
Se arregar, não arrego.

Se você furar eu furo
Se estragar eu estrago
Se pendurar eu penduro
Você tragando, eu trago
Mas só tem uma coisa
Você cagando, eu não cago.

Se você zombar eu zombo
Se você ralhar eu ralho
Se arrombar eu arrombo
Se você malhar eu malho
Mas só tem uma coisa
Você falhando, eu não falho.

Se você varar eu varo
Se você brigar eu brigo
Se disparar eu disparo
Se castigar eu castigo
Mas só tem uma coisa
Você ligando, eu não ligo.

Se você teimar eu teimo
Se enxertar eu enxerto
Se você queimar eu queimo
Se apertar eu aperto
Mas só tem uma coisa
Você errando, eu acerto.

Você fugindo, eu não fujo
Você folgando, eu amarro
Você limpando, eu sujo
Você beijando, eu escarro
Mas só tem uma coisa
Você soltando, eu agarro.

Se você morder eu mordo
Se você partir eu parto
Se engordar eu engordo
Se se fartar eu me farto
Mas só tem uma coisa
Se enfartar, não enfarto.

Nenhum comentário: