Veja ao vivo no Parque do Povo! Clic link no vídeo

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Oração Ecumênica

Não houve na Terra u’a crença
Que eu firme não pregasse
Nem teve uma só oração
A que eu não me apegasse
E tudo pra que no fim
A minh’alma se salvasse.

Nunca tive uma vitória
Sem que muito lutasse
Mas sempre orando ao Criador
Para que me ajudasse
E no instante crucial
Força em mim não faltasse.

Nunca houve obstáculo
Que eu não suplantasse
Nem peso sobre meus ombros
Que eu não suportasse
E sempre Deus me atendendo
Se para Ele eu rogasse.

Nunca passei por crise
Que eu não superasse
Nem contraí dívidas
Que eu não resgatasse
Mas sempre pedindo a Allah
Para que me auxiliasse.

Nunca possuí um bem
Que um homem o cobiçasse
Porque nada do que eu tinha
Era coisa que se usasse
Pois se tudo Oxalá me deu
Só Ele então me tirasse.

Nunca sofri provação
Que a minha fé abalasse
E se Javé não permitiu
Que do limite eu passasse
É porque me protegia
Se o mal me atentasse.

Nunca perdi u’a batalha
Que Brahmma não me confortasse
De tudo tirei boas lições
De tudo o que a vida ensinasse
E tudo o que a Ele pedia
É que do mal me livrasse.

Nunca abracei uma causa
Que eu não acreditasse
E pra defendê-la eu pedia
A Jah que me iluminasse
Mas dos louros do triunfo
Pedia-Lhe que me poupasse.

Nunca pedi uma graça
Senão pra quem precisasse
E para alcançá-la do Céu
Bastava com fé que orasse
E do cálice da ostentação
Que minha mão se afastasse.

E cada pessoa em vida
Que de mim se aproximasse
Dava-me razões de querer
Que minha vida eu mudasse
E queria que essas almas
Se boas, o Pai as guardasse.

Nenhum comentário: