terça-feira, 1 de novembro de 2011

Sextilhas de Bancada IV

Acho graça o eleitor
Que dá seu voto ao bacana;
O candidato lhe paga
Fiado um dedo de cana,
E o tira-gosto é depois,
Se ele vencer: u'a banana.


Admiro a centopeia
Com tanta perna pra andar;
Não tropeça uma na outra
Nem noutra vai se encostar;
O bicho é um trem esquisito
Sem trilho pra deslizar.


Acho graça o maribondo
Com seu ferrão de lascar;
Levando o bicho na bunda
Pra com a bunda atacar;
E é da vez que uma bunda
Pode a um sujeito ferrar.


Admiro o jabuti
Com o seu casco blindado;
Nele é que enfia a cabeça
Se se sente ameaçado;
E quer ver moleque ruim:
É quando o deixa virado.


Botando o dedo na sopa,
A sopa pega e azeda;
Se melar de sopa o chão,
Menino leva uma queda;
Mas se quebrar a munheca,
Com mulher vai morrer feda.

Nenhum comentário: